As portagens para pesados em Guipúzcoa, no País Basco, começarão a ser cobradas em Janeiro de 2018, anunciou o Conselho Provincial.

Portagens - Guipuzcoa

As portagens serão aplicadas na estrada N-1, que conduz à fronteira de Irun, e terão três troços: Echegarate, Andoáin e Irún. Apenas pagarão a viagem completa os veículos que percorrerem todos os troços).

Quanto ao método de cobrança, será semelhante ao usado em Portugal nas auto-estradas ex-Scut, ou seja, com recurso a pórticos que detectam as passagens ao comunicarem com dispositivos que os veículos terão de ter instalados a bordo.

A deputada responsável pelas infra-estruturas viárias em Guipúzcoa, Aintzane Oiarbide, anunciou que há o objectivo de beneficiar os transportadores locais, salientando que isso tem de ser estudado para não colidir com as regras comunitárias.

A associação basca de transportadores Guitrans já reagiu ao anúncio do Conselho Provincial de Guipúzcoa e críticou a medida. “O transporte não pode suportar mais portagens nem mais custos que não pode repercutir nos seus preços”, refere a nota da associação. A Guitrans irá, nos próximos dias, reunir com Aintzane Oiarbide.

 

 

 

 

This article has 1 comment

  1. … A força dos transportes …