A cobrança de portagens para veículos de mercadorias com mais de 3,5 toneladas em Guipuzcoa, no País Basco, arranca às zero horas da próxima terça-feira, 9 de Janeiro, garantiu a conselheira responsável pelas infra-estruturas viárias em Guipuzcoa.

 

Troço Pesados 1 Pesados 2
Irun-Andoain 3,20 euros 3,96 euros
Pórtico Andoain 0,56 euros 0,69 euros
Pórtico Etxegárate 2,36 euros 2,93 euros
Trajecto Irun-Etxegárate 5,56 euros 6,89 euros

 

A passagem será cobrada nos pórticos de Irún, Andoain e Etxegárate.

O sistema de pagamento electrónico admite o uso da Vía T – dispositivo semelhante à portuguesa Via Verde – que permite o pagamento nas restantes auto-estradas de Espanha. Para tal, os transportadores que circularem por aqueles pórticos da A-15 e da N-1 terão de registar-se no site da Bidegi (www.bidegi.eus), que estará activo a partir de amanhã, quarta-feira (3 de Janeiro), ou num dos cinco “quiosques” de informação que serão instalados ao longo do trajecto.

Os transportadores que paguem em dinheiro, terão um mês, ou seja até 9 de Fevereiro, para se adaptarem e passarem a liquidar as portagens de forma electrónica. A conselheira Aintzane Oiarbide indicou que “apenas 2,5% dos transportadores pagam em dinheiro”.

A introdução de portagens para pesados de mercadorias no País Basco tem sido contestada pelo impacte nos custos operacionais dos transportadores, nomeadamente os portugueses que por ali passam em trânsito para o Centro da Europa.

 

Comments are closed.