O porto de Antuérpia anunciou que o foco da sua actividade vai mudar da margem direita (Delwaide) para a margem esquerda (Deurganckdock) do rio Scheldt, assim que a MSC transfira as suas operações para esse lado do leito.

Porto de Antuérpia

Actualmente, cerca de metade do volume de contentores de Antuérpia é movimentada na margem direita do rio.

“Como o segundo maior porto da Europa, temos o dever perante os nossos clientes de actuarmos como um parceiro fiável na cadeia de abastecimento, assegurando que os bens possam chegar a 600 milhões de consumidores no nosso hinterland de forma rápida e eficaz a partir do nosso porto”, afirma, citado num comunicado, o CEO da Autoridade Portuária de Antuérpia, Eddy Bruninckx.

Os dados oficiais de Antuérpia indicam que 43% dos contentores que chegam ao porto são transportados para o hinterland por comboio ou batelão. O objectivo do porto é aumentar aquela percentagem para 57% em 2030.

Com um crescimento previsto de 8% na carga contentorizada, o porto de Antuérpia prevê ultrapassar, pela primeira vez, a barreira de nove milhões de TEU movimentados este ano. O objectivo para a carga total é superar os 200 milhões de toneladas, o que acontecerá, também, pela primeira vez.

 

Comments are closed.