A VIIA, filial do grupo SNCF, vai desenvolver um terminal para AE ferroviárias no porto de Barcelona.

O governo catalão, através da Cimalsa, firmou com a VIIA um acordo de colaboração para o desenvolvimento do projecto de construção e exploração do terminal para as AE ferroviárias, a localizar numa área que foi o antigo leito do rio Llobregat.

O terminal terá uma capacidade inicial para oito frequências diárias e estará aberto a qualquer operador de auto-estradas ferroviárias.

A ideia é favorecer a transferência modal das cargas, da rodovia para a ferrovia, nas relações entre a Catalunha e França e, mais além, o Centro e Norte da Europa.

Os estudos já realizados sobre as três primeiras rotações diárias previstas para a região de Paris, permitirão uma redução de emissões equivalente a 80 mil toneladas de CO2/ano.

Comments are closed.