O porto de Barcelona aprovou, na quarta-feira, o lançamento do concurso de uma nova plataforma no molhe Prat, que ampliará o terminal de contentores BEST. O investimento previsto para a obra é de 5,9 milhões de euros.

O projecto permitirá a instalação de sete novos blocos de guindastes automatizados, denominados Automated Stacking Crane (ASC).

O terminal BEST começou a operar em 2012 com 1 000 metros de linha de cais e 18 blocos de guindastes ASC. Em fases posteriores, a instalação foi expandida para atingir os actuais 1 500 metros de linha de cais e 27 blocos ASC.

Molhe Adossat também ampliado

O conselho de administração do porto de Barcelona aprovou também a adjudicação da terceira fase das obras de expansão do molhe Adossat. O contrato foi adjudicado ao consórcio formado pelas companhias Sato, FCC Construcción e Copisa por um montante de 26,1 milhões de euros.

As obras, que terão um prazo de execução de 19 meses, compreendem a expansão do molhe Adossat a Sul, seguindo uma fase de extensão anterior (a 2B), que está, actualmente, em construção. Na terceira fase agora adjudicada será construída uma linha de cais de 476 metros de comprimento e fundos de -12 metros.

O porto catalão indica ainda que a nova fase do Adossat integrará um cais ro-ro com 60 metros de comprimento. Este permitirá o embarque e desembarque simultâneo de dois navios.

 

 

This article has 1 comment

  1. Com esta ministra do mar nenhuma das concessões portuárias será renegociada tal a incompetência da ENGª ANA PAULA VITORINO, QUE VERGONHA !