O Porto de Helsínquia anunciou ir colocar todos os trabalhadores em lay-off, devido ao impacto da pandemia de Covid-19.

Porto de Helsínquia anuncia lay-off

O lay-off, que foi acordado com os representantes dos trabalhadores, durará 30 dias entre o início de Agosto e o fim do ano e um máximo de 30 dias no início de 2021. A administração do Porto de Helsínquia indicou que participará das medidas de ajuste renunciando ao bónus de férias de 2020.

“Vamos tentar organizar os lay-offs temporários para que não causem inconvenientes aos nossos clientes ou operações”, indica o porto.

O porto finlandês anunciou, no passado 13 de Maio, que as suas operações de carga continuavam, apesar da Covid-19 ter tido um forte impacto no tráfego de passageiros. Entretanto, o tráfego de passageiros foi parcialmente reaberto, mas as viagens de lazer continuam suspensas.

“Os portos e as companhias de navegação estão preparados para o regresso gradual e seguro ao tráfego de passageiros de várias maneiras. Estamos a trabalhar em estreita colaboração com as autoridades para garantir que o tráfego possa ser retomado em segurança. Os passageiros também devem familiarizar-se com as instruções emitidas pelas autoridades e cumprir os regulamentos de higiene e saúde estabelecidos”, conclui a autoridade do porto de Helsínquia.   .

Porto de Helsínquia anuncia lay-off

 

Comments are closed.