A partir de amanhã, o porto de Lisboa é, oficialmente, o único porto português a dispôr de todos os equipamentos de controlo não invasivo dos contentores exigidos pela CSI – Container Security Initiative dos EUA.

O porto da capital já dispunha de um scanner de contentores e amanhã inaugura os portais fixos de controlo de materiais radioactivos ou nucleares.

Os novos equipamentos estão instalados nas portarias de acesso aos terminais de Alcântara e do Poço do Bispo, cobrindo os três terminais de contentores existentes no porto da capital.

Os portais serão operados pela Direcção-Geral de Alfândegas. Um scanner e detectores fixos e portáteis permitirão verificar, de forma não intrusiva, o conteúdo dos contentores, despistando a existência de cargas radioactivas dissimuladas.

A inauguração dos equipamentos terá a presença do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, do secretário de Estado dos Transportes e do embaixador dos EUA em Lisboa.

Comments are closed.