O Porto de Lisboa dá continuidade à sua agenda sustentável e ecoeficiente, acompanhando os desafios da agenda ambiental de Lisboa Capital Verde Europeia 2020.

Considerando a pertinência do tema “Combustíveis Alternativos para uma Redução das Emissões de Partículas Poluentes no Transporte Marítimo”, em face da introdução das restrições comunitárias e da IMO – International Maritime Organization para a emissão de gases no transporte marítimo, surgindo o GNL como uma solução para a redução dos efeitos nocivos para o ambiente e cumprimento dos condicionamentos em alguns espaços marítimos, o CFPL – Centro de Formação do Porto de Lisboa promoveu este mês o primeiro curso de “Operações de Abastecimento de Gás Natural Liquefeito”.

Estando esta iniciativa integrada no Plano de Formação da APL, S.A. para 2020, o curso foi leccionado pela GASNAM – Associação Ibérica de Gás Natural para a Mobilidade, em resultado da parceria existente com a Insignis West, sendo dirigido a quadros técnicos que prestam serviço na Direcção de Segurança e Pilotagem e na Direcção dos Terminais Portuários e Logística.

A formação contou também com a participação de técnicos de outras entidades públicas e privadas envolvidas nas diferentes actividades operacionais, técnicas e regulamentares, nomeadamente, Alkion, Repsol, Capitania do Porto de Lisboa, Marinha (DGAM), OZ Energia e Digal – Distribuição e Comércio, S.A..

Esta acção permitiu uma troca de conhecimentos com técnicos de grande experiência internacional neste tipo de operação, tendo no final decorrido um networking construtivo entre os vários participantes, abrindo portas para futuros trabalhos e acções conjuntas, para a realização de operações de “Bunkering de GNL” no Porto de Lisboa em segurança.

Comments are closed.