O porto de Lisboa fechou 2017 com mais de 12,1 milhões de toneladas movimentadas. É o segundo melhor resultado da década e marca um crescimento de 19% face a 2016.

Os números divulgados pela administração portuária são ainda parciais mas chegam para dar nota da dimensão do crescimento/recuperação do porto da capital. Em 2017, foi mesmo o que mais avançou, em termos homólogos, entre os portos nacionais.

A puxar pelos números esteve a carga contentorizada (a mais prejudicada também nos últimos anos). A APL não avança com a tonelagem movimentada, mas destaca o crescimento de 26% na movimentação de contentores, que atingiu os 493 253 TEU.

A movimentação de granéis sólidos superou os 5,3 milhões de toneladas (mais cerca de 16% em termos homólogos), o que foi o melhor resultado dos últimos dez anos.

Os granéis líquidos avançaram 15%, o que os atirou para a casa dos 1,6 milhões de toneladas.

Citada no comunicado emitido a propósito, Lídia Sequeira, presidente do Porto de Lisboa, sublinha que “estes números são muito encorajadores, sobretudo porque demonstram o acerto da estratégia adoptada, com foco no crescimento, sustentado na paz social no porto”.

Os mais de 12,1 milhões de toneladas processadas no porto da capital, no ano findo, são o melhor resultado desde 2011, quando Lisboa atingiu os 12,3 milhões de toneladas. A melhor performance de sempre foi conseguida em 2007, com um máximo de 13,2 milhões de toneladas.

 

 

This article has 2 comments

  1. QUE VERGONHA SRª MINISTRA DO MAR POR SUA CULPA POR NÃO TER JÁ RENEGOCIADOS AS 3 CONCESSÕES PORTUÁRIAS, PORTO, LISBOA E SINES, ESTES NÚMEROS PODERIAM JÁ TER DUPLICADO, POR SUA CULPA AINDA NÃO FORAM DRAGADOS A – 16 METROS PARA RECEBER OS MAIORES BARCOS EM LEIXÕES & AVEIRO E EM ALCÂNTARA & SETÚBAL, QUE VERGONHA E QUANTO A SINES JÁ DEVIA TER TAMBÉM RENEGOCIADO A CONCESSÃO PARA NÃO PERDER MERCADO FACE A TANGER, A ALGECIRAS A VALÊNCIA E BARCELONA !!!

  2. ATÉ PARECE QUE EU ESTAVA ADIVINHAR O PUXÃO DE ORELHAS DO TRIBUNAL CONTAS E DA UE : AS 2 INSTITUIÇÕES CHAMARAM DE INCOMPETENTE À MINISTRA DO MAR ANA PAULA VITORINO AAHH, O TRIBUNAL AFIRMA CATEGORICAMENTE QUE AS CONCESSÕES DOS TERMINAIS DEVEM SER MAIS LONGAS PARA TEREM MENORES RENTABILIDADES PARA AS CONCESSIONÁRIAS E A UE REPETE O QUE VÊM DIZENDO HÁ MAIS DE 2 ANOS AO GOVERNO RS VOÇÊS SÃO INCOMPETENTES PQ O TRABALHO DE RENEGOCIAÇÃO JÁ DEVIA TERMINADO E A MINISTRA AINDA NÃO COMEÇOU OUS EJA NÃO PÁRA DE METER ÁGUA RS VÁ-SE EMBROA QUE GRANDE VERGONHA PARA PORTUGAL AAAHHH