A Autoridade Portuária de Roterdão (APR) venceu a edição de 2018 do ESPO Award, que reconhece o envolvimento dos portos com a cidade ou a comunidade em geral.

ESPO Award distingue envolvimentos dos portos com as cidades

O ESPO Award 2018, promovido pela Organização Europeia dos Portos Marítimos, teve quatro candidatos à vitória: além de Roterdão, os Portos Britânicos Associados, os Portos do Mar do Norte e o Porto de Tallinn.

Os holandeses ganharam a décima edição do ESPO Award pelo seu projecto “O Porto de Roterdão cria um bom ambiente de trabalho para todos”, focado na maximização das sinergias entre o porto, a cidade e a região. Isso significa dar aos trabalhadores competências que respondam às necessidades das empresas situadas no porto, oferecendo formação para os actuais e futuros talentos. É ainda finalidade do programa estimular o trabalho conjunto entre as diferentes companhias no porto e dar emprego ao maior número possível de pessoas de Roterdão e arredores.

Para alcançar esse objectivo, a APR criou várias iniciativas, que podem ser divididas em três categorias: Escola para o Trabalho, Trabalho para o Trabalho e Regresso ao Trabalho.

“Este ESPO Award é, para nós, o reconhecimento de que estamos no caminho certo com o nosso programa ‘Pessoas no porto e à volta’. Para nós, este prémio é uma motivação extra para dar passos adicionais nas nossas ambições de inovação social no e para o nosso porto. Esperamos também inspirar outros portos europeus com o nosso programa. Temos de fazê-lo juntos”, afirmou a propósito Henk de Bruijn, director de assuntos sociais e laborais do porto holandês.

 

Os comentários estão encerrados.