O porto de Setúbal está praticamente parado há um mês, desde que os trabalhadores eventuais - a maioria dos estivadores - se recusaram a apresentar ao trabalho em protesto contra a precariedade . . .

 

*** CONTEÚDO DE ACESSO RESERVADO. FAÇA LOGIN OU TORNE-SE ASSINANTE T&N ***