Já está em Setúbal a lancha de pilotagem encomendada há um ano aos estaleiros irlandeses da Safehaven Marine. A “Baía de Setúbal” representou um investimento de cerca de meio milhão de euros.

A embarcação é semelhante às quatro lanchas fornecidas pelos mesmos estaleiros, em 2012, à Portos dos Açores. “É uma lancha do tipo “Interceptor 38”, com 11,7 metros de comprimento, 4,1 metros de boca, 1,34 metros de calado e um deslocamento de 14 toneladas. A sua propulsão é constituída por dois motores diesel Volvo Penta D9, com 425 HP, que permitem uma velocidade máxima de 25 nós e um raio de ação operacional de 220 milhas, podendo transportar até 9 ocupantes, incluindo tripulação. Dispõe de radar, sonda, agulha magnética, comunicação em VHF e está equipada com um sistema de recolha de náufragos”, refere a APSS em comunicado.

Construída na Irlanda, a lancha realizou as provas de mar no mês passado, após o que seguiu, por rodovia, até Setúbal, onde chegou ontem, ficando no trem naval para apetrechamento.

Com a nova lancha, o Porto de Setúbal pretende responder ao aumento do movimento marítimo e portuário, que nos primeiros sete meses do ano atingiu os 16% em número de navios (19% em GT).

Os comentários estão encerrados.