A Autoridade Portuária de Sevilha lançou um projecto que pretende desenvolver a sincromodalidade entre o transporte marítimo e o terrestre.

A iniciativa no porto de Sevilha pretende melhorar o controlo e a coordenação em tempo real dos diferentes modos de transporte e desenvolver um planeamento sincromodal entre o navio, o comboio e o camião, graças à integração de sistemas e bases de dados.

Da mesma forma, o projecto-piloto fornecerá ao porto ferramentas de gestão e planeamento de tráfego terrestre e conduzirá estudos de navegação para optimizar as velocidades e o calado do canal, conhecer com mais precisão as marés, tarefas que implicarão maior coordenação na operação e resultarão na poupança de custos de logística e redução de tempo na movimentação de mercadorias.

São parceiros do porto andaluz a Sener, as universidades de Sevilha e Málaga, a Serviport e a Siport21. O projecto recebeu o nome de Airis II-Synchro e tem um orçamento de 1,7 milhões de euros, co-financiado a 50% pelo Mecanismo Interligar Europa (CEF) na chamada de 2018.

 

Comments are closed.