Os 100 maiores portos de contentores movimentaram 475 milhões de TEU em 2011 (mais 7,8%). Os portos asiáticos controlaram 61% daquele volume. Os portos chineses dominaram o ranking, com 165 milhões de TEU (35% do total).

A R.P. China é o país com mais portos entre os 100 maiores do mundo no movimento de contentores: são 17, sendo que seis estão nos dez primeiros lugares do ranking. Xangai é o primeiro destacado, com 31,7 milhões de TEU movimentados (mais 9,1%), à frente de Singapura, com 29,9 milhões (mais 5,3%).

A Europa tem 19 portos no ranking, com uma posição global de 14,9%. Roterdão é o maior, com 11,9 milhões de TEU, que lhe garantem o 11.º lugar absoluto, o primeiro não asiático. A Alemanha é o país europeu que movimenta mais contentores, seguido da Holanda e de Espanha, sendo espanhola a maior representação do Velho Continente, com quatro portos.

A América tem 22 portos no top 100, com um total de 57,4 milhões de TEU. Los Angeles, na 16.ª posição geral (7,9 milhões de TEU), é o primeiro. Os EUA têm 11 portos no ranking.

Entre os 100 portos considerados, destaca-se o do Pireu (Grécia), com um crescimento de 94,5%: passou de 864 mil TEU, em 2010, para 1,7 milhões de TEU em 2011. Ocupa o 76.º lugar. E também o de Gioia Tauro (Itália), com uma quede de 19,2%, de 2,9 milhões para 2,3 milhões de TEU. É 59.º

O último porto do ranking dos “100 maiores” (divulgado pela Cargo System) é Mersin (Turquia), com 1,1 milhões de TEU movimentados (mais 10% em termos homólogos).

 

 

Comments are closed.