As autoridades portuárias de Barcelona, Hamburgo, Antuérpia, Roterdão, Los Angeles, Long Beach e Vancouver decidiram unir esforços contra as alterações climáticas.

Roterdão, Barecelona, Long Beach e outros juntam-se contra as alterações cimáticas

A iniciativa, baptizada de World Ports Climate Action Program, prevê que as partes trabalhem em conjunto em vários projectos que combatam o aquecimento global e as sua consequências.

O programa tem foco no aumento da eficiência das cadeias de abastecimento através do uso de ferramentas digitais, no avanço de abordagens políticas comuns e ambiciosas destinadas a reduzir as emissões em grandes áreas geográficas e na aceleração do desenvolvimento de soluções de fornecimento de energia terra-navio renováveis e de emissões zero.

Outros objectivos incluem a aceleração do desenvolvimento de combustíveis de baixo carbono viáveis ​​para transporte marítimo e infra-estruturas para electrificação de sistemas de propulsão de navios, assim como esforços adicionais para descarbonizar por completo as instalações de movimentação de carga nos portos.

As autoridades portuárias signatárias apelam ao sector do transporte marítimo e a outros portos que se juntem ao compromisso de atingir os objectivos do Acordo de Paris. Pretendem também que governos e reguladores adoptem políticas globais – ou, no mínimo, internacionais – para a fixação de preços de CO2 e forneçam apoio financeiro a I&D e projectos-piloto.

 

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*