Os portos da Madeira movimentaram 1,13 milhões de toneladas no ano passado, o que representa um crescimento homólogo de 4%, anunciou a APRAM.

A carga contentorizada continuou a dominar, com a movimentação de 638 mil toneladas (mais 4% em termos homólogos), mas os granéis líquidos foram os que mais cresceram – 6% -, até às 326 mil toneladas.

A impedir maiores ganhos, a movimentação de granéis sólidos recuou 3% para a casa das 171 mil toneladas.

O porto do Caniçal concentrou cerca de um milhão de toneladas, enquanto pelo Funchal (i.e., essencialmente o terminal cimenteiro de Socorridos) passaram perto de 58 mil toneladas e o Porto Santo contou quase 22 mil toneladas.

Apesar do crescimento conseguido em 2017, os portos da Madeira continuam muito longe dos melhores registos, e em particular do recorde absoluto de 3,9 milhões de toneladas verificado em 2004.

 

Os comentários estão encerrados.