Os portos espanhóis movimentaram nos dois primeiros meses der 2019 89,9 milhões de toneladas, mais 4% que no período homólogo der 2018, segundo a Puertos del Estado.

Depois de um início de ano tímido, a movimentação de mercadorias acelerou nos portos espanhóis. E com isso a taxa de crescimento acumulado mais do que duplicou.

A carga contentorizada continuou a marcar o ritmo, com um ganho acumulado de 5,8% e 30,9 milhões de toneladas processadas. A carga geral fraccionada ainda fez melhor: avançou 8,3% até aos 12,5 milhões de toneladas. Já os granéis sólidos cresceram 5% para 17,1 milhões de toneladas.

A impedir maiores ganhos, a movimentação de granéis líquidos manteve-se praticamente inalterada, com 29,4 milhões de toneladas.

Valência cresce a dois dígitos

Entre os principais portos, destacou-se o de Valência, com um total de 12,8 milhões de toneladas processadas nos dois primeiros meses. O que representou um ganho homólogo de 12%%.

Algeciras, o maior porto do país vizinho, movimentou 16,6 milhões de toneladas até ao final de Fevereiro, apenas mais 0,4% que em 2018. E Barcelona, que brilhou no ano findo, desta feita, pelo menos para já, avançou apenas 0,2% até aos 10,6 milhões de toneladas.

O crescimento de Valência tem muito a ver com a movimentação de contentores, que ali subiu 13,3% no período em análise, tendo atingido os 882 mil TEU.

Barcelona continuou a crescer em bom ritmo – 9% em  termos homólogos – e atingiu os 573 mil TEU. Já Algeciras cresceu “apenas” 5,7% e contou 795 mil TEU.

Comments are closed.