No ano passado, os portos espanhóis movimentaram 445,4 milhões de toneladas, menos 15,6 milhões, ou 3,4% que em 2012. Nos contentores, Algeciras ultrapassou Valência e recuperou a liderança.

A carga contentorizada manteve-se como o principal agregado movimentado nos portos do país vizinho, com 153,9 milhões de toneladas, menos 4,6% que no exercício anterior.

O movimento de contentores atingiu os 13, 89 milhões de TEU, o que representou uma queda homóloga de 1,3%. A crescer 5,5%, para os 4,34 milhões de TEU, Algeciras voltou a ser número um em Espanha e no Mediterrâneo. Destronou Valência, que recuou 3,2% para os 4,33 milhões de TEU.

Nos lugares seguintes situaram-se Barcelona, que ganhou 1,8% até aos 1,7 milhões de TEU, e Las Palmas, que perdeu 15,8% para a casa do milhão de TEU.

Nos granéis líquidos verificou-se uma quebra de 1% para os 151,8 milhões de toneladas. Os granéis sólidos caíram 9,3% para os 80,2 milhões. Só a carga geral fraccionada cresceu face a 2012, mas apenas 2,8% e para os 59,4 milhões de toneladas.

No ranking dos portos espanhóis, Algeciras é o primeiro, com 90,9 milhões de toneladas movimentadas (mais 2,3%); Valência o segundo, com 65 milhões (menos 1,8%), Barcelona o terceiro, com 42,4 milhões (menos 0,1%); e Bilbau o quarto, com 30 milhões (menos 1,9%).

Comments are closed.