Portugal é o quinto mercado (em oito) do Sul da Europa em termos de comércio electrónico, de acordo com o estudo “E-commerce B2C no Sul da Europa”.

A análise, feita pela E-commerce Europa, associação que representa mais de 25 mil empresas que vendem produtos e/ou serviços online para os consumidores no Velho Continente, revela que os países do Sul da Europa realizaram um total de 40,8 mil milhões de euros de encomendas em 2013, um valor 11% superior à média europeia.

Portugal fez encomendas no valor de 2,6 mil milhões de euros, à frente de Malta (25 milhões), Chipre (140 milhões) e Croácia (240 milhões). O valor nacional ficou, ainda assim, abaixo do de Grécia (3 200 milhões), Turquia (8 930 milhões), Itália (11 268 milhões) e Espanha (14 414 milhões), que lidera o ranking.

Portugal fica, porém, mais bem classificado em termos de valor médio gasto por consumidor, com 954 euros, atrás de Grécia (1 354 euros) e Chipre (1 000 euros). A vizinha Espanha tem um valor médio de compra de 874 euros.

No ano corrente, a região do Sul da Europa deverá alcançar, segundo a E-commerce Europa, 47 800 milhões de euros neste tipo de comércio, um montante 22% superior ao de 2010. O comércio electrónico representa, no presente, 2% das vendas a retalho.

Comments are closed.