As vendas de pesados de mercadorias de +16 t quase duplicaram em Portugal, no mês de Abril, e cresceram 11% desde o início do ano. Na União Europeia, as vendas recuaram 5,8% em Abril e 13,8% no quadrimestre, segundo a ACEA.

Em Portugal, matricularam-se em Abril 128 camiões (66 no mês homólogo) e 501 desde o início do não (450). Na UE, o resultado mensal foi de 18 252 pesados (19 370) e o acumulado atingiu os 65 764 (76 305).

Os principais mercados continuaram no vermelho, ainda que em Abril se tenha notado uma recuperação relativa. A Alemanha cedeu 2%, para 5 357 matrículas (-14,4%, para 16 789 em termos acumulados), e França perdeu 4,8% para 3 141 (-13,6% para 11 696). A Polónia até cresceu 3,5% para 1 148 (-7,1% para 4 042).

Contra a corrente, o Reino Unido fez pior em Abril do que no acumulado do ano, ao afundar 17,9% para 2 166 registos (-14% para 8 430). Espanha também perdeu 17,5% para 804 e acumula uma quebra de 19,7% com 3 241 matrículas.

Comments are closed.