Já estão disponíveis online os boletins de voto para a fase decisiva dos Prémios de Carga T&N 2013. A votação prolonga-se até dia 30. A21 de Novembro se saberá quem ganhou em cada categoria.

Esta é a 12.ª edição de uma iniciativa que permanece única em Portugal, e com a qual o TRANSPORTES & NEGÓCIOS pretende homenagear todos quantos operam no sector da logística e dos transportes, e distinguir os melhores na avaliação dos seus pares.

Desta feita, uma vez mais, foi grande a participação dos eleitores. Na primeira fase tratou-se de nomear os candidatos a cada uma das 21 categorias (entre Transporte Aéreo e Transporte Marítimo). Os muitos votos recebidos tornaram mais renhida e interessante a disputa dos lugares na fase decisiva, que hoje arranca.

A forte participação terá permitido, além do mais, o surgimento de alguns nomes novos entre os propostos para vencerem os Prémios de Carga T&N. Uma renovação que é de saudar, sinal de que o mercado continua exigente e atento àqueles que tentam fazer mais e melhor a cada dia que passa.

A partir daqui, e até ao próximo dia 30, será tempo de votar novamente, agora para eleger o melhor entre os melhores nas diferentes categorias. Os boletins de voto estão disponíveis online em http://www.transportesenegocios.com.pt/premiosdecarga/index.htm.

Os vencedores serão anunciados, e homenageados, a 21 de Novembro, no Jantar dos Prémios de Carga T&N, que é também, a seu modo, um Jantar de Natal antecipado do TRANSPORTES & NEGÓCIOS.

O objectivo é fixar um novo recorde de participantes (no ano passado foram perto de 120), juntando o maior número de empresários, gestores e quadros do sector e também, por que não?!, os respectivos familiares, num ambiente de descontracção e festa.

Quem quiser pode desde já inscrever-se. O Jantar realizar-se-á a partir das 19 horas no Hotel Tiara Park, no Porto. O preço da inscrição é de Euro 35 (+Iva). O lucro da iniciativa reverte para uma IPSS.

A edição deste ano dos Prémios de Carga T&N tem o apoio da Agepor, Apat, APTMCD, Comunidade Portuária de Leixões, Comunidade Portuária de Lisboa e Comunidade Portuária de Sines.

 

Comments are closed.