A Prio superou, em Abril, pela primeira vez, os 100 mil m3 movimentados num único mês no porto de Aveiro.

Desde 2008 que a Prio assegura o seu abastecimento através do terminal de granéis líquidos do porto de Aveiro, onde possui um parque de tancagem e a partir de onde abastece os seus postos de combustível.

A ponte-cais operada em exclusividade pela Prio, está totalmente equipada para a movimentação de hidrocarbonetos, óleos vegetais, biodiesel e metanol, dispondo para o efeito de dois braços de carga marítimos de 6 e 10 polegadas.

Ao longo de uma década, realça a empresa em comunicado, foram ali operados mais de 600 navios em segurança, como o atestam “os mais de 3 500 dias sem acidentes e as 12 000 horas de operação”.

A Prio destaca ainda o bom relacionamento com a autoridade portuária. “A abertura, flexibilidade e competência do Porto de Aveiro facilita muito o processo e sem essa colaboração não seria possível à Prio continuar a otimizar as operações marítimo-portuárias», refere, citado pela assessoria de imprensa, Paulo Leal, administrador da Prio Supply.

O aumento da movimentação de granéis líquidos tem sido uma das chaves do sucesso do porto de Aveiro, que no ano passado atingiu uma tonelagem recorde, e que no primeiro trimestre de 2018 já repetiu a proeza.

» Prio investe 11 milhões no porto de Aveiro

 

Os comentários estão encerrados.