A Grécia vai adiar para Novembro ou Dezembro o arranque  da privatização de uma participação maioritária nos portos do Pireu e Salónica, os maiores do país, informou o líder da agência de privatizações, em entrevista a um jornal local publicada no sábado.

Porto do Pireu

“A submissão [de ofertas] pelo OLP (operador do porto do Pireu) acontecerá a 30 de Novembro ou no início de Dezembro, no mais tardar”, disse ao “Kathimerini” o líder da HRADF, Stergios Pitsiorlas.

Pitsiorlas disse também que a Grécia vai adiar o prazo para receber ofertas pelo porto de Salónica para o fim de Março do próximo ano, em vez do início de Fevereiro.

Cosco, APM Terminals, ICTSI, e RZD estão entre os interessados na privatização dos portos gregos.

A Grécia tinha o objetivo de arrecadar 1,4 mil milhões de euros com privatizações este ano e 3,7 mil milhões em 2016. Pitsiorlas disse que a meta não será alcançada este ano, devido a atrasos no acordo com a Fraport sobre a privatização de aeroportos, mas que a meta para 2016 é realista.

Comments are closed.