A produção nacional de veículos comerciais caiu 5,1% em Agosto, para 1 721 viaturas. Entre Janeiro e Agosto, porém, verificou-se uma subida de 15,6% face ao período homólogo de 2017, para 37 287 unidades, segundo os dados  da ACAP.
Produção nacional de comerciais caiu em Agosto

A PSA continua a liderar, destacada, tendo sido, nos oito primeiros meses de 2018, responsável pela produção de 90,3% dos comerciais ligeiros saídos das fábricas nacionais. A unidade de Mangualde produziu, entre Janeiro e Agosto, 30 593 veículos, mais 26,6% do que no período homólogo do ano passado.

A Mitsubishi do Tramagal produziu, no acumulado do ano, 1 944 comerciais ligeiros (+5,7%) e a Toyota Caetano 1 332 (+3,9%).

Nos camiões, a produção nacional continua concentrada na Mitsubishi Fuso Truck Europe, de onde saíram, nos oito primeiros meses do ano, 3 409 camiões (-25,8%). Já a CaetanoBus fabricou nove autocarros até Agosto.

Queda mensal generalizada

Os números da produção total de automóveis (de todos os segmentos) em Agosto indicam 7 694 veículos, uma descida de 10,6% face a igual mês do ano passado. Todos os segmentos perderam face a Agosto de 2017.

No acumulado de 2018, há um crescimento acentuado. Os construtores de automóveis em Portugal produziram 189 544 novas viaturas, o que representa uma subida de 85,3% em relação ao mesmo período do ano passado, em que 102 314 novas viaturas foram fabricadas.

A distribuição por categorias e tipos de Janeiro a Agosto foi a seguinte: 152 257 ligeiros de passageiros (+117,3%), 33 869 comerciais ligeiros (+22,4%) e 3 418 pesados (-25,6%).

 

Tags:

Comments are closed.