As fábricas instaladas em Portugal produziram 63 546 veículos comerciais em 2019, uma subida de 5,5% face ao ano anterior, de acordo com a ACAP. Em Dezembro, registou-se uma subida homóloga de 17,2%, para 4 559 veículos.

Foram produzidos 54 141 comerciais ligeiros no acumulado dos 12 meses do ano passado, menos 5,9% do que em 2018, e 5 405 pesados (passageiros e mercadorias), mais 1,3%. Já em Dezembro, contaram-se 4 163 comerciais ligeiros (+17,9%) e 396 pesados (+10,3%).

A PSA (Peugeot, Citröen e Opel) de Mangualde garantiu 90% da produção nacional de comerciais ligeiros no ano que passou, com 52 342 unidades (+5% em termos homólogos). A Mitsubishi Fuso Truck Europa, no Tramagal, produziu 3 406 viaturas (+5,9%) e a Toyota Caetano de Ovar fechou o ano com 2 393 unidades (+4,1%) deste segmento.

A produção nacional de pesados (mercadorias e passageiros) continua a ser garantida quase integralmente pela unidade do Tramagal. Das 5 405 unidades “portuguesas”, 99,7%, ou seja 5 389 viaturas (+1,5%), saíram desta unidade.

As exportações de comerciais ligeiros cresceram 5,2% de Janeiro a Dezembro de 2019 e atingiram 50 896 veículos. Já as exportações de pesados foram, no mesmo período, de 4 912 unidades, uma quebra de 1,3%.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*