Os centros de produção de Vigo, Madrid e Mangualde do grupo PSA Peugeot Citroën vão ser agrupados no Pólo Industrial Península Ibérica, anunciou a unidade portuguesa.

A partir de domingo, “o Centro de Produção de Madrid da PSA Peugeot Citroën junta-se ao Pólo Vigo-Mangualde para reforçar a sua competitividade”, explica o comunicado. Segundo a PSA, a constituição do novo pólo “reforçará o dispositivo industrial do grupo na Península Ibérica”.

O responsável pelo Pólo Industrial Península Ibérica será Yann Martin, que tinha a mesma função no Pólo Vigo-Mangualde. Os directores dos centros de Madrid e de Mangualde, Oscar Fernández e Hamid Mezaib, respectivamente, “mantêm as responsabilidades nas suas fábricas”, na dependência de Yann Martin, acrescenta.

As fábricas que constituem o Pólo Industrial da Península Ibérica produziram em 2014 um total de 492 mil veículos das marcas Citroën e Peugeot, e empregaram 9 300 trabalhadores.

Nas três fábricas são produzidos os modelos Citroën C4 Picasso, Grand C4 Picasso, Berlingo e C-Elysée e Peugeot Partner e 301 (em Vigo), Citroën C4 Cactus (em Madrid) e Citroën Berlingo e Peugeot Partner (em Mangualde).

A fábrica de Vigo, já se sabe, foi a escolhida para produzir um novo veiculo, identificado ainda pelo nome de código K9.

O grupo PSA, formado pelas marcas Peugeot, Citroën e DS, comercializou 2,9 milhões de veículos no mundo em 2014, 42% dos quais fora da Europa.

Comments are closed.