Quatro operadores internacionais deverão vão fazer ofertas por uma participação maioritária no porto de Salónica até amanhã, sexta-feira, dia em que termina o prazo para apresentação de candidaturas. O anúncio foi feito, em declarações à “Reuters”, pelo presidente do conselho de administração do porto grego, Konstantinos Mellios.

Porto de Salónica

A DP World, a japonesa Mitsui & Co Ltd, a filipina International Container Terminal Services (ICTSI) e o fundo Deutsche Invest Equity Partners (como parceiro maioritário de um consórcio que integra também a CMA CGM e o grupo greco-russo Ivan Savvidis) são os quatro candidatos à aquisição de 67% do segundo maior porto da Grécia.

“Esses quatro ainda estão interessados ​​enquanto falamos, há informações de que os quatro vão apresentar propostas vinculativas na sexta-feira”, disse Mellios.

As propostas terão de serão enviadas até às 19h GMT para o assessor financeiro Morgan Stanley. A agência de privatizações da Grécia abrirá as ofertas até ao dia 7 de Abril. A entidade seleccionada terá a concessão do porto grego por um período de 40 anos. O vencedor terá de investir 180 milhões de euros na expansão e modernização até 2021.

A privatização do segundo maior porto grego deveria ter acontecido em 2016, mas foi adiada por mudanças no perímetro da privatização e no montante do investimento exigível ao futuro accionista. O porto de Salónica tem um valor de mercado a rondar os 200 milhões de euros e no ano passado movimentou 344 277 TEU no ano passado.

A privatização dos portos inscreve-se no plano de contrapartidas ao resgate financeiro da Grécia iniciado em 2014. O porto do Pireu foi privatizado em 67% ao grupo Cosco, em Agosto do ano passado.

 

Os comentários estão encerrados.