A Rangel Angola e a Multiparques vão investir juntas na criação de um Centro de Operações Logísticas (COL) em Luanda e numa rede de distribuição que cubra todo o território angolano.

O investimento será feito pela Multiparques Rangel, uma nova sociedade detida em 60% pela Multiparques e em 40% pela subsidiária angolana do grupo Rangel, que estará operacional no próximo mês de Julho.

O novo COL localizar-se-á no pólo industrial de Viana, nos arredores de Luanda. Disporá de 10 mil metros quadrados de área de armazenagem para cargas comuns e perecíveis, e de dois mil metros quadrados de área refrigerada (frio e quente). Ali poderão armazenar-se 12 500 paletes e tratar 2 500 expedições/dia.

A rede de distribuição capilar começará a ser implementada no litoral angolano, alargando-se a todo o território até ao final do próximo.

No total, os dois parceiros prevêem investir no projecto mais de dez milhões de euros e criar cerca de 200 postos de trabalho.

A Multiparques é responsável pela gestão logística e operacional do porto seco de Viana, que serve de retaguarda ao porto de Luanda. A Rangel Angola replica naquele país boa parte do portfolio de serviços disponibilizados em Portugal pelo grupo Rangel.

Os comentários estão encerrados.