O Grupo Rangel e a FedEx Express renovaram hoje o contrato de parceria que já remonta a 1999 e se alargou entretanto a Angola e a Cabo Verde.

Rangel - FedEx

O acordo renovado é válido por cinco anos e deverá representar um volume de negócios de 100 milhões de euros, avançam as empresas em comunicado.

“Esta renovação é um motivo de orgulho e é a garantia de que o grupo tem vindo a prestar um serviço de excelência a todos os clientes”, afirmou a propósito Nuno Rangel, vice-presidente da Rangel.

A Rangel Expresso é o Global Service Participant da FedEx Express em Portugal desde 1999. De acordo com a informação disponibilizada no site da empresa, a sua operação é assegurada por 128 colaboradores e apoiada por dois aviões, duas plataformas, duas lojas e uma frota dedicada de 32 viaturas.

O grupo português detém também a representação da FedEx Express em Angola, desde 2007, e, desde Maio passado, em Cabo Verde.

A Rangel Expresso tem previsto um investimento não especificado nos aeroportos de Lisboa e Porto, iniciativa que integra o PETI 3+.

 

Comments are closed.