O Royal Bank of Scotland (RBS) está à procura de comprador para a sua carteira de créditos aos armadores gregos, avança a “Reuters”.

Costamare

O objectivo do banco britânico é encontrar um comprador até Dezembro. O portfólio está avaliado em cinco mil milhões dólares (4,48 mil milhões de euros) e a equipa grega do banco tem cerca de 60 trabalhadores.

O RBS é, há décadas, um dos maiores financiadores dos armadores gregos, mas o banco, que está a passar por um profundo processo de reestruturação há cinco anos, está a desinvestir nas áreas não “core” e focar a actividade no mercado do Reino Unido.

Ainda assim, o RBS vai manter o portfólio de navegação não grego, que representa, segundo a “Reuters”, seis mil milhões de dólares (5,38 mil milhões de euros).

O desinvestimento do RBS no negócio do transporte marítimo segue-se a opção semelhante de outro banco britânico, o Lloyd’s, que em Abril alienou grande parte do portfólio de financiamento de 500 milhões de dólares (447,9 milhões de euros) que tinha no sector.

Tags:

Comments are closed.