Ao longo de dez anos, um número restrito de transportadores rodoviários de mercadorias britânicos será autorizado a testar a utilização de conjuntos tractor / semi-reboque mais compridos.

O anúncio foi feito pelo ministro dos Transportes do governo de Londres e, como se previa, não agradou a todos, com o The Rail Freight Group a questionar o empenho das autoridades no desenvolvimento de soluções de transporte mais ecológicas.

Segundo as informações disponibilizadas pelo Departamento de Transportes, o aumento do comprimento dos conjuntos a testar não poderá exceder os dois metros. E não será permitido aumentar o peso bruto além das 44 toneladas que são já hoje o limite.

Os testes serão limitados a 1 800 veículos. Metade será aumentada em um metro apenas e os restantes em 2,05 metros. Os transportadores interessados em participar nos testes terão agora de candidatar-se.

A decisão das autoridades britânicas foi saudada pela associação dos transportadores rodoviários de mercadorias, que sublinhou as vantagens ambientais e os ganhos de eficiência que a utilização de tais veículos permitirá.

Os veículos com as novas dimensões serão particularmente valiosos para o transporte de cargas volumosas e de reduzido peso específico.

Recentemente a Alemanha desistiu de testar os eurocombi, por causa da oposição de vários estados federais.

 

Comments are closed.