A Renault Trucks lançou versões de 2020 da gama de camiões de longo curso, os modelos T e T High, com ganhos de eficiência de consumo, além de melhorias visuais e tecnológicas.

Renault Trucks promete maior economia de combustível

A gama de longo curso da Renault Trucks está equipada com motores Euro 6d, o DTI 11 e o DTI 13. O construtor aponta uma redução de 3% no consumo de combustível e nas emissões de CO2 em comparação com a geração anterior. As versões de 2020 dos modelos T e T High da Renault Trucks estão equipadas com um novo eixo de alta eficiência e travões de disco mais leves, o que reduz ainda mais o consumo de combustível.

Em opção, é possível activar novas parametrizações do veículo para obter uma poupança adicional de 3%. Os motores dos modelos T e T High da Renault Trucks são compatíveis com o combustível sintético XTL e o biodiesel.

Na cabine, o modelo T da Renault Trucks tem agora de série uma coluna de direcção ajustável em três direcções, para maior conforto do motorista. T e T High passaram, além disso, a contar com novos compartimentos de arrumação de alta capacidade (221 litros).

No exterior, a grelha do radiador e os espelhos retrovisores podem ainda ser personalizados em preto ou laranja de alto brilho, disponível em opção nos modelos T e T High da Renault Trucks.

Os dois camiões podem também vir equipados com o Roadpad+ como opção. Agindo como um assistente de bordo, permite aos motoristas ouvir música, utilizar os seus telemóveis em modo mãos livres e manobrar em segurança graças às câmaras traseiras e laterais. Com o Roadpad+, o motorista beneficia de assistência à navegação com um sistema de navegação por satélite específico para camiões.

 

 

 

Comments are closed.