A Renault Kangoo ZE liderou o mercado europeu de comerciais ligeiros eléctricos no ano passado, com 8 747 unidades vendidas e uma quota de 40,9%.

Também em Portugal o modelo liderou e foi, de resto, o furgão eléctrico que mais aumentou as vendas, segundo a ACAP. A Kangoo ZE fechou 2018 com 182 matrículas, mais 67% do que as 109 do ano anterior.

A Renault tem uma gama de veículos eléctricos com quatro modelos: o ZOE, de passageiros, e os Kangoo ZE e Master ZE, de mercadorias, além do quadriciclo Twizy.

Esta gama apoia-se em dois best-sellers: o ZOE e a Kangoo ZE. O ZOE (autonomia de 300 km WLTP) é uma referência do mercado, com 39 448 vendas em 2018.

Duzentos mil eléctricos desde 2011

A marca francesa já ultrapassou a fasquia dos 200 mil veículos eléctricos vendidos na Europa desde 2011.

Em 2018, as vendas de veículos eléctricos da Renault na Europa cresceram 36% e com uma forte aceleração no segundo semestre: uma progressão superior aos 62%.

Pioneira neste mercado, a Renault foi líder na Europa pelo quarto ano consecutivo. Praticamente um em cada três automóveis eléctricos a rodar nas estradas europeias é da marca Renault.

“Mais de 200 mil clientes na Europa escolheram a Renault para a sua experiência com a mobilidade eléctrica. Estamos orgulhosos, mas esta é apenas uma etapa. A nossa vontade, manifestada há 10 anos, é a de tornar a mobilidade eléctrica acessível a todos. Até 2022, o Grupo Renault ambiciona realizar 10% das suas vendas com veículos eléctricos e, para isso, irá lançar oito modelos neste horizonte de tempo”, indica, citado em comunicado, Gilles Normand, director dos veículos eléctricos no grupo Renault.

 

 

 

 

Comments are closed.