Chama-se “Eva” a nova oferta de Alta Velocidade da espanhola Renfe para as ligações entre Madrid e Barcelona. O arranque está anunciado para 2019.

O novo serviço será “low cost”, isto é, será mais barato 20-25% que a oferta tradicional de Alta Velocidade. Mas isso não significa que seja “low quality”. Pelo contrário, a aposta é na personalização da oferta à medida das necessidades de cada cliente, que assim só pagará aquilo de que precisa.

Exemplo do novo paradigma que a Renfe pretende impor: o preço do bilhete incluirá o transporte door-to-door, ou seja, o mesmo bilhete servirá para o comboio e também para o metro ou o autocarro, o táxi ou mesmo o aluguer de uma viatura na origem/destino.

A bordo, haverá espaços próprios para trabalhar e, claro, rede wifi.

O “Eva” começará a operar em 2019, ainda sem data precisa, no eixo Madrid-Barcelona, o de maior sucesso da Alta Velocidade espanhola, mas também aquele onde a concorrência da “ponte aérea” se faz mais sentir.

No arranque, o novo serviço disponibilizará cinco viagens em cada sentido.

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.