A Renfe Mercancías pretende recomeçar no Outono o serviço ferroviário de transporte internacional de contentores entre o porto de Barcelona e Lyon.
Renfe

O anúncio foi feito, em Barcelona, pelo director-geral da filial de mercadorias da Renfe, Abelardo Carrillo, numa conferência de imprensa realizada à margem da SIL 2017.

O novo serviço irá carregar os contentores no terminal intermodal de Monzon, em Huesca, e, mais tarde, no porto de Barcelona, para partir depois para Lyon pela linha de Alta Velocidade, através do túnel de Pertus.

Carrillo não deu mais informações sobre o serviço, nomeadamente no que se refere a frequências ou potenciais clientes ou parceiros. Indicou apenas que o processo está concluído “a 60%”.

Este serviço é semelhante ao BarceLyon Express, que se tornou, em 2010, no primeiro serviço transfronteiriço de bitola internacional. Esta rota acabou, porém, por falta de procura.

Abelardo Carrillo explicou que a situação é diferente agora. Primeiro, indicou, o porto de Barcelona gera mais procura “crescendo de forma saudável”. Além disso, também mudou a estratégia comercial do operador, com foco neste momento para “encorajar os mercados com futuro”, bem como os próprios meios da empresa, que agora é “mais eficiente”.

Comments are closed.