Desde ontem, os serviços de transporte rodoviário de passageiros na região do Oeste até aqui assegurados pela Rodoviária do Tejo e pela Auto-Penafiel são explorados pela Rodoviária do Oeste.

Rod. Oeste

A nova empresa do “Grupo” Tejo assume, assim, as operações nos concelhos de Alcobaça, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Peniche e ligações a Torres Vedras e a Lisboa.

No total são 158 carreiras, a que corresponderá uma oferta de 9,6 milhões de km/ano, que serão asseguradas pela Rodoviária do Oeste, que para o efeito dispõe de uma frota de 161 viaturas e de um efectivo de 180 trabalhadores (dos quais, 146 motoristas).

A criação da nova empresa – que agrega as actividades da Direcção Operacional das Caldas da Rainha do Rodoviária do Tejo e da Empresa de Transportes Auto-Penafiel, detida por aquela e também sedeada na cidade – é justificada com a intenção de responder melhor às necessidades e expectativas das populações da região do Oeste, “que apresenta grandes diferenças face à restante área geográfica servida pela Rodoviária do Tejo [distritos de Santarém e Leiria]”.

A Rodoviário do Tejo é controlada, directa e indirectamente, pelos grupos Barraqueiro e Transdev.

Comments are closed.