Roterdão lançou uma nova companhia, a PortXchange, para tornar a aplicação digital de optimização de escalas Pronto disponível para portos de todo o mundo.

Em conjunto com os parceiros estratégicos Shell e AP Moller-Maersk, a nova empresa oferecerá a app Pronto a vários portos fora da Holanda. “O estabelecimento de uma companhia separada permite a neutralidade e a independência da solução e melhora a cooperação entre todas as partes”, afirma o porto holandês em comunicado à imprensa.

A PortXchange visa melhorar a eficiência das escalas portuárias e ajudar os clientes a reduzirem as suas emissões, tanto no porto como entre os portos.

A aplicação Pronto é, de acordo com o Porto de Roterdão, uma ferramenta para isso. Trata-se, segundo a mesma fonte, de uma plataforma conjunta que pode ser usada por companhias de transporte marítimo, agentes, terminais, autoridades portuárias e outros prestadores de serviços, o que lhes permite planear, executar e monitorizar todas as actividades durante uma escala com base na troca de dados padronizados.

“Além disso, a Pronto permite a navegação just-in-time, o que ajuda a reduzir as emissões”.

Desde o Porto de Roterdão indicam que assumir a liderança na transformação digital permitiu tornarem-se mais eficientes, fiáveis e, como resultado, mais competitivos.

“Ao disponibilizar a nossa aplicação para portos em todo o mundo, podemos optimizar o potencial de soluções digitais. Quanto mais portos usarem soluções inteligentes, mais valiosas estas se tornam. A criação de uma empresa separada para a implantação global da Pronto é um excelente exemplo dessa abordagem”, afirma Allard Castelein, CEO do Porto de Roterdão.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*