Nos primeiros três meses o porto de Roterdão cresceu 12% na movimentação de contentores, mas os seus responsáveis prevêem uma subida de apenas 2% no final do ano.

Entre Janeiro e Março o porto holandês movimentou 2,9 milhões de TEU, que comparam com os 2,68 milhões de há um ano. Justificação: o forte crescimento dos tráfegos Ásia-Europa e intra-europeu.

Em Março Roterdão estabeleceu mesmo um recorde a nível europeu, tornando-se o primeiro porto do Velho Continente a superar a marca do milhão de TEU movimentados. Só no último dia do mês foram ali operados 47 navios e carregados/descarregados perto de 50 mil TEU.

Para assinalar o recorde mensal, e num reconhecimento da importância das companhias japonesas na actividade do porto, a autoridade portuária fez um donativo de 30 mil euros para as vítimas dos terramotos e do tsunami no Japão.

Em termos gerais, Roterdão movimentou 107 milhões de toneladas nos três primeiros meses do ano, sensivelmente o mesmo que em 2010, devido às quebras nas movimentações dos granéis líquidos.

Comments are closed.