O Porto de Roterdão anunciou novas taxas portuárias para o próximo triénio. A subida média é de 1%.

APM - Roterdão - Maasvlakte II

Desde o porto holandês indicam que se trata um “aumento conservador” das taxas, com o objectivo de melhorar a posição competitiva entre os portos concorrentes mais próximos. A Autoridade Portuária de Roterdão (APR) salienta também ter adoptado medidas específicas para fortalecer a posição do porto como hub de contentores.

Nos próximos anos, as taxas portuárias para os petroleiros que transportam petróleo bruto serão novamente fixadas em 1,5% abaixo do aumento geral, como sucedeu no período anterior. Isso significa que a diferença entre as taxas portuárias cobradas sobre o petróleo bruto e, por exemplo, as cobradas nos produtos derivados dos óleos minerais será ainda mais reduzida.

As taxas de navegação interior subirão 1% ao ano nos próximos três anos.

Em 2016, o Porto de Roterdão recebeu 295 milhões de euros em taxas portuárias marítimas e 14 milhões de euros em taxas portuárias de navegação interior.

 

 

Comments are closed.