O Porto de Roterdão anunciou o projecto Container 42, iniciativa de investigação no domínio do smart shipping assente num contentor inteligente.

A plataforma de inovação e pesquisa Container 42 tem como objectivo responder a perguntas sobre o futuro da tecnologia, sustentabilidade e eficiência logística, num ambiente de smart shipping.

O contentor, porque de um contentor se trata, equipado com sensores e tecnologia de comunicação, irá viajar pelo mundo ao longo dos próximos dois anos, com a missão de recolher dados que até agora estavam “invisíveis”. Vibrações, inclinação, posição, ruído, poluição do ar, humidade e temperatura estão entre os dados que serão registados.

“Com os recentes desenvolvimentos no campo de software, hardware, padronização e legislação, navios autónomos e semi-autónomos com um suporte de decisão ideal são mais realistas do que nunca. No entanto, ainda há incerteza em torno de muitas perguntas e respostas. A plataforma Container 42 explorará esse território desconhecido”, indica o porto num relatório sobre o tema.

Antes do contentor, equipado com painéis solares, iniciar a sua jornada pelo mundo, fará, no próximo mês, uma aparição pública na feira Transport Logistic, em Munique.

 

 

Comments are closed.