A Rússia está interessada na privatização do porto de Salónica, o segundo maior porto da Grécia, afirmou o presidente do país. Vladimir Putin, que este fim de semana visitou Atenas.

Porto de Salónica

A Rússia está interessada “na aquisição de activos de companhias ferroviárias e nas instalações portuárias de Salónica”, escreveu Vladimir Putin, na revista “Kathimerini”, num artigo publicado pouco antes de visita de dois dias que realizou à Grécia.

De acordo com a comunicação social grega, o Governo de Aléxis Tsípras vai convidar os investidores a apresentarem propostas por participações maioritárias no porto de Salónica no fim de Setembro. O processo será semelhante ao da privatização do porto do Pireu, que culminou, em Abril, com a Cosco como accionista maioritário.

A companhia estatal russa de caminhos-de-ferro está na “corrida” à privatização da congénere grega TrainOSE, a decorrer. O interesse, agora, pelo porto de Salónica integrar-se-á numa estratégia de abertura ao Mediterrâneo gizada pelo governo de Moscovo.

A privatização de 67% do capital de ambos os portos foi lançada em 2014, no âmbito do resgate internacional à economia da Grécia. Porém, os trabalhadores portuários gregos estão insatisfeitos com o processo e, por isso, lançaram uma série de greves para marcarem a sua oposição à privatização.

 

 

Comments are closed.