A agência nuclear russa está em negociações com o VTB Bank para obter um financiamento de sete mil milhões de dólares (6,3 mil milhões de euros) para a aquisição de 55 porta-contentores da classe Ice.

O anúncio do Grupo Rosatom (a agência nuclear russa) surge no seguimento do interesse, manifestado muitas vezes há vários anos, do Presidente russo, Vladimir Putin, em promover a navegação marítima no Ártico, uma rota alternativa ao Canal do Suez. Moscovo pondera, aliás, criar uma companhia estatal para ajudar a desenvolver o transporte marítimo de contentores pelas rotas do Ártico.

A Rosatomflot, subsidiária da Rosatom, opera os quatro quebra-gelo nucleares da Rússia, um navio de mercadorias movido a energia nuclear e vários outros quebra-gelo e navios de serviço. No ano passado, a Rosatom foi encarregada de tratar do transporte, segurança e infra-estruturas na rota do Mar do Norte (à frente do Ministério dos Transportes).

Os planos russos de transportar mercadorias pela ambientalmente delicada rota surge numa altura em que várias companhias e carregadores de importância mundial se comprometem a não navegar  as águas do Ártico.

 

Comments are closed.