A Ryanair completou a compra de 75% da LaudaMotion, a companhia de aviação fundada pelo antigo piloto de Fórmula 1 Niki Lauda, e por ele resgatada da falência quando do fim da Air Berlin.

Ryanair fica com 75% e Niki Lauda com 25% da LaudaMotion

A conclusão da compra foi hoje anunciada pelo director executivo da LaudaMotion, Andreas Gruber, numa conferência de imprensa com o presidente executivo da Ryanair, MichaelO’Leary, em Viena.

Niki Lauda manterá a propriedade dos restantes 25% da antiga Niki, que o triplo campeão de Fórmula 1 comprou à alemã Air Berlin.

Andreas Gruber adiantou que a LaudaMotion duplicará para 18 o número de aviões Airbus A320 na sua frota para o Verão do próximo ano.

Gruber sublinhou que, apesar de ser detida maioritariamente pela Ryanair, a LaudaMotion, com sede em Viena, vai distinguir-se da low-cost irlandesa, pelo menos no logótipo e design.

Com a compra da LaudaMotion, aprovada no mês passado pela Comissão Europeia, a Ryanair espera melhorar a competitividade e aumentar a oferta de voos económicos, nomeadamente na Alemanha, Áustria e Espanha.

» Ryanair investe 100 milhões na LaudaMotion (ex-Niki)

Comments are closed.