A russa RZD lançou uma nova ligação ferroviária entre a China e a Alemanha e anuncia mais uma para Budapeste, ainda este mês.

A RZD continua, assim, a aumentar as ligações entre a Ásia e a Europa. O novo serviço China-Alemanha, que liga Yantai e Duisburgo, operará, numa fase inicial, com um horário limitado, mas o CEO da RZD, Vyacheslav Valentik, tem expectativa de que se torne regular no início do quarto trimestre.

O serviço inaugural chegou à cidade alemã, após um trânsito de 19 dias, no passado dia 14, transportando componentes de automóveis, componentes eléctricos e utilidades domésticas.

A companhia russa vai, ainda este mês, “montar” uma nova rota, entre a cidade de Jinan (capital da província de Shandong) e Budapeste. “A RZD Logistics já tem comboios de contentores de várias cidades da província de Shandong para Moscovo, São Petersburgo, Perm, Minsk e Duisburgo”, indica o grupo.

A RZD tem, com efeito, expandido o serviços ao longo dos últimos meses. Em Julho, lançou um serviço para enviar contentores da Coreia para a Europa através da Ferrovia Transiberiana. O lançamento seguiu-se ao teste-piloto entre o hub coreano de contentores de Pusan e o terminal ferroviário da Polónia, em Brzeg Dolny.

Também no mês passado, a RZD e a subsidiária Far East Land Bridge lançaram uma rota de contentores entre Moscovo e Yantai.

 

 

Tags:

Comments are closed.