Navegar entre a Polónia, a Suécia e a Noruega com emissões zero é o objectivo do SeaShuttle, um projecto liderado pela Samskip.

Samskip lidera projecto de porta-contentores a hidrogénio

O projecto contempla o desenvolvimento e construção de dois navios porta-contentores para o shortsea 100% eléctricos, com a energia a ser-lhes fornecida a partir de pilhas de combustível alimentadas a hridogénio.

Os navios ligarão portos da Polónia e da Suécia ao fiorde de Oslo. Numa primeira fase, serão abastecidos de hidrogénio em Oslo, o que lhes permitirá realizar 20% de uma viagem de ida-e-volta – o percurso em águas norueguesas – sem produzirem emissões poluentes.

À medida que outros portos disponham das instalações de abastecimento, caminhar-se-á para as emissões zero em todo o trajecto.

O Seashuttle recebeu um financiamento de seis milhões de euros do governo da Noruega.

A Samskip foi a escolhida para liderar o projecto. “O que distingue este projecto – e que será decisivo para o seu sucesso – é a combinação do combustível e da tecnologia que o tornarão competitivo com as soluções actuais em termos de custos. Com os nossos parceiros, estamos convencidos de que esta ambição é realista”, comentou, a propósito, o director-geral da Samskip Norway.

“Uma vez operacionais, não há razões para que os navios de zero emissões não possam atrair as cargas dos 2 000 camiões que passam diariamente pelos portos noruegueses”, acrescentou Are Grathen, citado pela assessoria de imprensa.

 

 

 

Comments are closed.