Santander tem o melhor terminal de granéis sólidos do mundo, de acordo com os resultados apurados pela BIMCO. Bilbau ocupa o segundo lugar no ranking, com o porto canadiano de Québec a fechar o pódio.

A segunda edição do “Dry Bulk Terminals Vetting Report” da BIMCO recolhe dados de 598 relatórios de 115 navios relativos a escalas em 278 terminais de todo o mundo, no período compreendido entre Janeiro de 2015 a Dezembro de 2017.

O terminal de Santander foi classificado em primeiro lugar nas quatro principais categorias de avaliação, ou seja, movimentação de carga/descarga; serviço de amarração e ancoragem; troca de informações entre o navio e o terminal e equipamentos do terminal.

“No geral, vemos um bom padrão [de qualidade] em todo o mundo, mas com algumas queixas, por exemplo devido a problemas de lóngua. Mas, mesmo com um aumento de 35% dos relatórios em relação a 2016, ainda precisamos de mais dados para fazer análises estatísticas globais válidas”, refere, no relatório, Aron F. Sørensen, director de tecnologia marítima e regulamentação da BIMCO.

O objectivo da BIMCO é atingir os mil navios participantes, para o que se propõe promover a divulgação dos resultados do relatório.

Mais de 93% dos portos avaliados tiveram nota média ou melhor, com feedback positivo relativo à comunicação entre o navio e o terminal, a carga e descarga e o padrão e manutenção de equipamentos.

No outro extremo, vários navios reclamaram da falta de competências linguísticas dos operadores e autoridades portuárias; da pressão permanente sobre o navio/tripulação e comandante; de reivindicações inesperadas; e de autoridades portuárias burocráticas e agressivas. Além disso, os portos foram mal classificados quando o custo dos serviços do terminal era muito elevado ou não existia serviço.

Os 279 terminais avaliados distribuem-se por 80 países dos cinco continentes. O ranking divulgado pela BIMCO apenas contempla os nomes de 27 terminais, aqueles que foram objecto de pelo menos cinco relatórios.

No total, porém, 7% dos terminais receberam a classificação de Excelente, 48% Muito Bom, 38% Médio, 6% Suficiente e 1% Fraco.

» BIMCO’s Dry Bulk Terminals Vetting Report 2017

Os comentários estão encerrados.