O porto de São Petersburgo dispõe a partir de agora de um novo terminal deepsea, com capacidade para movimentar 1,45 milhões de TEU e 260 mil unidades de carga ro-ro.

S. Petersburgo

O MSCC (de Multifunctional Sea Cargo Complex) Bronka arranca com uma frente de cais de 1 220 metros, com cinco postos de atracação, e uma rampa ro-ro (uma segunda será disponibilizada em 2017). Entre o equipamento para a movimentação de cargas destaca-se uma grua móvel Liebherr LHM 800, com uma capacidade de elevação de até 308 toneladas e um alcance de até 64 metros.

No primeiro ano completo de actividade, o novo terminal projecta movimentar 150-200 mil TEU e cerca de 23 mil unidades de carga ro-ro. “A primeira escala de um serviço regular de contentores já aconteceu e um serviço regular de ro-ro deverá arrancar no próximo mês”, disse o  director executivo do porto russo, citado pelo Lloyd’s Loading List”.

O novo terminal aposta também na co-modalidade com a rodovia e a ferrovia, beneficiando das ligações directas às redes de auto-estradas e ferroviária do país. O terminal dispõe já de dois feixes de linhas e outros quatro estão previstos, assim como a instalação de seis pórticos sobre carris, cerca de 2018, acrescentou o dirigente.

Comments are closed.