A Scania e a Siemens estão a colaborar no desenvolvimento de autocarros e camiões eléctricos e nos respectivos sistemas de alimentação por catenária.

O construtor sueco há muito vem trabalhando na concepção e testes de motores eléctricos para os seus veículos comerciais. Por sua vez, a companhia germânica apresentou, já em Maio do ano passado, o conceito “eHighway of the Future”, no qual os veículos pesados são propulsionados pela energia eléctrica que recebem de catenárias.

Juntas, as duas empresas apostam em tornar a Suécia no primeiro país com estradas “electrificadas”, por onde circulem os camiões e autocarros eléctricos, equipados com um pantógrafo para se ligarem à catenária.

O sistema, que remete para o tempo dos troleicarros (que ainda resistem em Coimbra), tem a vantagem de resolver o problema do carregamento das baterias e, logo, da autonomia dos veículos.

No ano passado, em Los Angeles (EUA), no 26.º Simpósio Anual de Veículos Eléctricos, a Siemens apresentou um veículo híbrido diesel-eléctrico. E defendeu que a solução será viável para os grandes eixos rodoviários, ou para as ligações dedicadas existentes, por exemplo, entre os portos e as plataformas logísticas ou os acessos às auto-estradas. E igualmente é aplicável em circulação urbana.

Agora, ao que tudo indica, a ideia da parceria entre a Scania e a Siemens será mesmo desenvolver um veículo integralmente eléctrico.

Comments are closed.