A Scania inaugurou oficialmente as novas instalações no Porto, agora com uma área de cerca de de 15 mil m2, junto ao aeroporto Sá Carneiro.

Scania mudou-se do Porto para a Maia

“Este ponto de serviço nasce para dar resposta às necessidades dos nossos clientes. Por isso, preparámos estas instalações e equipámo-las com os meios mais modernos, para proporcionar um serviço integral, tanto na parte de oficina como na parte das vendas”, garantiu o director da Scania Portugal Região Norte, Paulo Duarte.

As novas instalações concentram os serviços de venda de camiões, autocarros e motores Scania, reparação de veículos industriais e semi-reboques novos e de ocasião de todas as marcas, e assistência oficial às marcas Feldbinder, Wabco, Haldex, BPW e SAF. Ali se disponibiliza  igualmente uma vasta gama de serviços conectados, para optimizar a frota e a manutenção, cursos de condução e opções de seguros e financiamento.

Dos quase 15 000 m2 disponíveis, 2 000 m2 estão destinados a oficina e peças e 928 m2 a zona de escritórios. A zona envolvente atinge os 11 800 m2.

A empresa não adiantou o montante do investimento, mas o TRANSPORTES & NEGÓCIOS sabe que rondou os quatro milhões de euros.

“Para Scania, o mais importante são os clientes que, com o seu apoio, tornam possível que a nossa marca seja líder do mercado em Portugal, com uma quota de mercado de 24%”, justificou o director-geral da Scania Ibérica, Sebastián Figueroa.

 

Tags:

Comments are closed.