O grossista norueguês ASKO está a testar dois camiões eléctricos Scania nas suas operações de distribuição em Oslo.

Os dois camiões da Scania têm uma capacidade de bateria de 165 kWh, permitindo-lhes uma autonomia de 120 km. O carregamento, cujo tempo não foi revelado pela marca sueca, ocorre com um cabo de 150 kW.

Este teste-piloto marca outro marco na cooperação em soluções electrificadas entre a Scania e a ASKO, que começou com a operação de quatro camiões eléctricos com célula de combustível movidas a hidrogénio.

Os resultados dos veículos híbridos da Scania que usam o modo eléctrico nos centros das cidades são positivos, de acordo com a marca, pelo que o construtor defende que “faz sentido arrancar com camiões totalmente eléctricos movidos a bateria na distribuição da cidade”.

Com a tecnologia actualmente disponível, os camiões eléctricos têm de percorrer distâncias mais curtas e, depois, efectuar carregamentos. “Na distribuição em cidade, isso pode ser feito ao carregar ou descarregar mercadorias”, indica a Scania.

 

 

Comments are closed.